Última parcela do IPTU vence nesta quinta-feira (7)

Ultilidades 06/12/2017 09:21:00

A sexta e última parcela do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU - 2017) de São Luís vence nesta quinta-feira (7). Para este ano, mudanças foram realizadas na base de dados da Prefeitura, que resultaram na adequação da cobrança do imposto pela Secretaria Municipal da Fazenda (Semfaz). Os contribuintes têm acesso ao boleto pelo endereço eletrônico da Semfaz (www.semfaz.saoluis.ma.gov.br).

os contibuintes que perderam o prazo de pagamento das cinco parcelas anteriores poderão atualizar o débito. Incidirá sobre o valor da parcela juros e multa de 1% ao mês, sendo que a multa estabiliza em 10%.

Para o titular da Fazenda, Delcio Rodrigues, as mudanças referentes à cobrança do IPTU foram de substancial importância para a arrecadação municipal. "A base de dados da Prefeitura de São Luís foi atualizada na gestão do prefeito Edivaldo, que investiu no cadastro imobiliário de São Luís, o que tornou a cobrança mais justa, adequada à realidade e promove, assim, justiça fiscal", afirmou Rodrigues.

O total arrecadado com o IPTU é revertido em diversas ações positivas que estão sendo realizadas pela Prefeitura de São Luís e que, em 2017, tiveram destaque nacional. Apesar da crise econômica, a gestão municipal mantém investimento na saúde, educação, infraestrutura, obras, coleta regular de lixo, agricultura entre outras áreas.

A funcionária pública Raimunda Viegas costumeiramente quita suas dívidas com antecedência e aproveitou para efetuar o mais breve possível o pagamento da última parcela do seu IPTU 2017. "Como cidadã eu quero mais e mais investimentos na minha cidade e acredito que as mudanças com o IPTU se fizeram necessárias para que a Prefeitura continuasse fazendo um bom trabalho em toda São Luís", afirmou.

SAIBA MAIS

Formas de pagamento
Pagamento via carnê
Correntistas BB:
- Terminais de Auto Atendimento;
- Banco Postal;
- Correspondente bancário (Ligeirinho);
- Mobile (Aplicativo);
- Internet;
- Caixa de Autoatendimento BB.
Não correntista:
- Correspondente bancário (Ligeirinho);
- Agência dos Correios (Até R$ 1.500);
- Banco Postal;
- Terminal de Autoatendimento BB (Até R$ 10.000 - com cartão de qualquer outro banco).
Pagamento via Boleto (impresso - internet)
Pode ser pago em qualquer agência, de todos os bancos em qualquer canal de pagamento.
*Contribuintes devem se manter atentos a data de vencimento do boleto impresso e, caso seja necessário, imprimir uma nova guia.

COMENTÁRIOS ()