EDITOR: REGINALDO RODRIGUES / MTUR - N°. 10006763.95-6
Facebook Twitter Rss

Home

Desde 2002, mostrar o Maranhão é o nosso maior orgulho!

‘Cabacinha’: tratamento natural, descoberto por pesquisadora maranhense, para aliviar rinite, sinusite e adenoide

Cultura - Artista da Terra!
06/08/2013 11:56:38
Juliana Vieira, da Redação


Terezinha Rêgo em seu consultório. Foto: Juliana Vieira.

No que diz respeito à Botânica, a farmacêutica maranhense Terezinha Rêgo é uma autoridade. Com doutorado em Botânica pela USP, ela dedica a sua vida a estudar a flora medicinal do Maranhão e descobrir a sua utilização no tratamento de doenças.

A Doutora ficou consagrada pela descoberta do tratamento com a essência de Cabacinha (Luffa operculata), que ajuda a aliviar a rinite, sinusite e adenoide. Por conta do desenvolvimento desse e de mais outros dois fitoterápicos que ajudaram a combater a pneumonia asiática, Terezinha recebeu até um prêmio na China.

Ela levou 20 anos pra chegar à fórmula que hoje é o carro-chefe do Programa de Fitoterapia da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), do qual é Coordenadora.

“A Cabacinha é um tratamento completo. Começamos a trabalhar com as crianças, principalmente para tirá-las do excesso de antibióticos, corticoides, que chegam a prejudicar a criança por conta dos efeitos colaterais que eles trazem. Complementamos esse tratamento com o uso de xaropes. Hoje temos uma linha 16 xaropes que são utilizados para o tratamento das crianças”, diz ela.

Descoberta

A descoberta do uso da Cabacinha (Luffa operculata) no tratamento de doenças que obstruem a cavidade nasal, ocorreu durante um estágio realizado com os índios Kanela, em Barra do Corda, no cerrado do Maranhão. Lá Terezinha observou que eles a utilizavam para problemas de entupimento do nariz. Contudo só passou a estudar a Cabacinha em outro momento.

“Quando eu fui pra São Paulo fazer minha livre-docência, eu fui acometida de uma sinusite. Aí me veio a ideia de começar a estudar, isolar o princípio ativo da Cabacinha, pois da maneira como eles [índios] usavam era perigoso, porque ela tem um alcaloide que age na mucosa do nariz e pode causar hemorragia”, explica ela.

Fitoterápicos testados

No início, os testes são feitos em camundongos. Depois passam a ser realizados em animais de maior porte (gato, cachorro...). Por fim, os princípios ativos dos fitoterápicos são enviados para serem analisados em laboratórios de São Paulo e Curitiba, a fim de que sejam especificadas as dosagens.

“Esses fitoterápicos só são repassados para comunidade depois de passarem por análises em outros laboratórios, pois os nossos laboratórios não têm essa capacidade”, afirma a doutora. E completa: “O segredo do medicamento é a dosagem. Todo medicamento mal dosado pode se transformar em um veneno”.

Ainda segundo a doutora, de todas as pessoas atendidas por ela, até então não houve casos em que não tenha havido uma boa resposta aos tratamentos. “Se houve, até hoje eu não tomei conhecimento. Pelo contrário, cada dia aumenta mais o interesse pelos fitoterápicos”, afirma Rêgo.

Efeitos colaterais

“Todo o medicamento tem efeito colateral. Não é por ser natural que não tem efeito colateral. Vai depender da dosagem. Outro dia mesmo morreu uma criança porque bebeu chá de erva-cidreira. Nós sabemos que todo mundo consome o chá da erva-cidreira, mas a dosagem que deram para essa criança não foi adequada”, explica Terezinha.

Na dose certa, o medicamento fitoterápico têm menos efeitos colaterais que o medicamento tradicional, porque ele possui uma química diferente, vem diretamente da natureza sem sofrer adição de produtos químicos.

“No laboratório eles adicionam diferentes substâncias químicas para melhorar o sabor – porque a planta não tem um sabor agradável –, adicionam corantes – para a criança ficar mais entusiasmada a tomar –, e outras substâncias”, esclarece ela.

Atendimento ao público

Além desse tratamento, Terezinha Rêgo também indica fitoterápicos para o alívio de outras doenças, como a gastrite, algumas intolerâncias alimentares leves, artrite, artrose, reumatismo e outras.

O atendimento é realizado em seu consultório, localizado no Herbário Ático Seabra, UFMA (Av. dos Portugueses, 1966, Bacanga), de segunda à sexta-feira das 8:00h às 12:00h e das 14:00h às 18:00h.

A consulta é gratuita para discentes e docentes da UFMA e para moradores de comunidades carentes, como Fumacê, Bacanga, e outras. Para os demais, é cobrada taxa de R$ 50,00, valor que é destinado à manutenção do Programa de Fitoterapia da Universidade.

Para agendar uma consulta, é necessário ligar para o número: (98) 3272-8525/8524. E para contatar Terezinha por e-mail: terezinha_rego@hotmail.com.

Os medicamentos fitoterápicos podem ser adquiridos na farmácia do Herbário, ao lado do consultório, por um preço bem em conta.




MURAL

  • isaias sobrinho - centro grande axixá |axixá |ma | br
    Bom dia amigos,gostaria de saber mais um pouco sobre o Premio Cazumbá de turismo e cultura.Pois hoje nossa região ou melhor nosso polo munim,a onde somos formados por seis municipios os quais se organizaram de forma articulada com ações e metas com vista para a sua participação e reconhecimento de suas potencialidades turisticas,as quais foram identificadas e e muito bem elogiadas por inumeros outros setores tais como Sebrae. sec. estado de turismo.criamos e lançamos o nosso roteiro nautico integrado no 2 salão de turismo em barreirinhas e estamos a cada dia conseguindo o valor real de nossas potencialidaes turisticas e culturais.GOSTARIA DE SABER COMO PARTICIPAR DESTA ILUSTRE PREMIO COMO POLO DESTAQUE POIS DENTRE TODOS OS DEMAIS NOVE POLOS SOMENTE O POLO MUNIM CONSEGUIU RECONHECIMENTO DE PARTICIPAR DO 2 SALÃO DE TURISMO COM A APRESENTAÇÃO DO PAINEL DE OPORTUNIDADES E COM A PRATICA DE BEM FAZER.
  • Fernanda Carvalho - Anjo da Guarda |São Luís |MA | BR
    Muito bom esse encontro entre pessoas ligadas diretamente ao Turismo no Maranhão. Se for possível, gostaria de me fazer presente na próxima reunião para reinterar convosco questões que visivelmente abalam a demanda turística em nosso estado. Um abraço!!!
  • Reges - Centro |Barreirinhas |MA | Bra
    Prezado Reginaldo, O 2º Encontro dos Prefeitos da Rota das Emoções acontecerá em Parnaíba/PI e não mais em Araioses/MA. Att: Reges Reis Junior Secretário Municipal Adjunto de Turismo Prefeitura de Barreirinhas (98) 8857 8986
Participe no nosso mural

BLOGUEIROS

  • Cazombando

    Instrumento frente às realidades vividas no duro cotidiano da cidade de São Luís. Sarcasmos, ironias e deboches trazem ao blog uma divertida leitura.
  • Pollimnia

    Já o título representa o nome da musa da poesia sagrada e tinha um ar pensativo. Aqui a blogueira Jacqueline mostra o que pensa.
  • Ócio, Viagens e Gastronomia

    Um blog da turismóloga Beatrice Borges, onde conta suas experiências e a sua forma de ver sobre determinados lugares no mundo.
HOME | NOTÍCIAS | JORNAL | CONTATO | ANUNCIE | ASSINE | ASSINANTES | ANUNCIE | MURAL | DESTAQUES | ANIVERSARIANTES | BLOGUEIROS | ENQUETES | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | MAIS LIDAS | NO MUNDO

Av Daniel de La Touche, 1001, Sala 106, Ed. Elaine Cohama - CEP: 65074-115
São Luís - Maranhão/Brasil *** Fone Fax (98) Fone/Fax: (98) 3199-0040 | 8909-8347 | 9188-8571 | 8214-5279
E-mail: